Home Sexo Brasil é o país que mais procura por transexuais em site pornô

Brasil é o país que mais procura por transexuais em site pornô

O Brasil ser topo de lista com dados relacionados a pornografia a gente até está acostumado. Mas ser o país que mais busca por vídeos de , nem você, nem nós, esperávamos.

Transexuais

Um levantamento realizado pelo Redtube não revela números específicos, mas deixa claro algumas características da relação do Brasil com a pornografia. “Você tem 89% mais chances de pesquisar sobre transexuais [no RedTube], se vier do Brasil” afirma o texto vinculado junto com a pesquisa.

Números não mentem

“Shemale” termo gringo comumente usado em sites pornôs para a busca de vídeos com trans, é o quarto tópico mais buscado pelos brasileiros. No ranking mundial, a mesma pesquisa ocupa o nono lugar. O número aumenta ainda mais quando se analisa as variações do termo, e os regionalismos. Entre os 30 termos mais buscados pelos brasileiros, ainda vemos “travesti” e “brazilian shemale”.

No primeiro gráfico abaixo, um ranking dos temas mais buscados no site no Brasil. No gráfico seguinte, os temas buscados em comparação a outros países:

travestis
redtube-categorias-trans-2

Transexuais confundem mesmo

Não são poucos os casos e rumores de famosos que se envolvem com transexuais tamanha a semelhança do corpo, rosto e jeito feminino: Ronaldo Fenômeno, Romário, Adriano, Dinei – para ficar só nos jogadores de futebol. Algumas delas ficaram bastante conhecidas depois de “escândalos” e casos com eles.

Patrícia Araújo, lembrada por sua amizade com jogadores de futebol – ela sempre foi presença constante nas festas de Adriano, o Imperador -, a modelo, que já foi considerada a travesti mais bonita do país, desfilou no Fashion Rio, em 2009 e participou de novelas da Globo.

 

Transexuais
Patrícia Araújo chegou a participar de desfiles e novelas

Thalita Zampirolli, flagrada com Romário, gastou cerce de 30 mil reais recentemente para fazer cirurgias e transformar completamente o corpo;

Ronaldo arrumou confusão por não querer pagar duas “garotas de programa” quando viu que não eram mulheres Andréia Albertini (que faleceu um ano depois devido a complicações de HIV), e Carla Tamini foram parar na delegacia na época.

COMENTE JÁ


Mais posts pra você